Conecte-se conosco

Ecommerce

Que estratégias adotar no seu e-commerce em 2022?

Ano começando e com certeza, as expectativas são altas para 2022!

Mas, vamos ser realistas, o ano de 2021 trouxe as consequências da pandemia de Covid-19, o que inclui a instabilidade economica. Por isso, agora é o momento de analisar as melhores estratégias de marketing para que seu e-commerce marque presença.

O que aprendemos de 2021

Antes de analisar as estratégias para 2022, é bom relembrar o que foi tendência em 2021 e o que aprendemos delas.

WhatsApp não substitui o e-commerce: o WhatsApp facilita a interação entre a empresa e clientes, e é de grande ajuda na hora de fazer o atendimento inicial. Mas cuidado, ele não substitui seu e-commerce.

Humanização das marcas: a pandemia forçou uma relação mais humana e compreensiva entre as marcas e os consumidores. E isso ajudou a estreitar os laços bem como criar campanhas de vendas mais sensíveis.

Tik Tok é importante: é a rede social preferida da geração Z, que pega uma boa parte dos consumidores. Sem mencionar que o público mais velho também está se rendendo à rede social.

Delivery não é só de comida: se antes se pensava em delivery só para pedir comida, agora a realidade é outra. A entrega rápida motiva o consumidor a comprar.

Slow content: lembre-se de que mais importante que a quantidade é a qualidade dos seus posts. Portanto, produza conteúdos mais ricos, que estejam alinhados com seus objetivos de venda.

Tendências para 2022

Chatbot e inteligência artificial

O chatbot surgiu no marketing digital já faz algum tempo, mas foi em 2021 que ele mais se firmou. E em 2022, não será diferente. Mas o que se espera é que a inteligência artificial seja mais desenvolvida a poto de permitir que os robôs assimilem as informações fornecidas pelas pessoas e consigam resolver problemas mais complexos. Assim, o chatbot será capaz de fazer todo o atendimento básico e passar apenas casos importantes para o atendente humano.

Compra por voz

O método mais utilizado para compras é digitar o nome do produto no Google ou no e-commerce, mas não é necessariamente o mais prático. Uma tendência que surgiu em 2021 foi a compra por voz, ou seja, o uso da fala para fazer uma pesquisa na internet, e pretende se firmar em 2022.

Esse tipo de pesquisa vem crescendo consideravelmente, até mesmo para buscas simples no Google. O efeito é tão grande que tem afetado até mesmo as regras de SEO para os profissionais de marketing. Dá para acreditar?

Live commerce

Durante a pandemia de Covid-19, as lives ganharam muita força. Com elas, o patrocínio e uma técnica de marketing inovadora: na tela, aparecia um QR Code e o consumidor pode fazer a compra na hora.

Além de apresentar novidades ao público, o e-commerce consegue criar picos de venda em um determinado momento. Sem mencionar que aumenta a relação com o consumidor, principalmente a confiança na marca.

Mascotes digitais

O tradicional garoto-propaganda já não é mais de carne e osso, mas também não é um simples mascote. As marcas investem em personagens digitais para representar a empresa.

Mas não pense que isso significa apenas uma animação em banners. Esses “embaixadores virtuais” interagem com o público, fazem dancinhas e até agem como influencers.

Sabia que ter mascotes digitais tem vantagens? O mascote não envelhece e nem se mete em confusões que possam levá-lo ao cancelamento. Além disso, é mais em conta para as empresas do que investir sempre em um garoto-propaganda de verdade.

Por fim, é um recurso no qual até mesmo e-commerces de pequeno porte podem investir, mesmo sem a parte da animação. O importante é que seu e-commerce invista no atendimento. A experiência imersiva do mascote é interessante para o público, e com a vantagem de ter seus problemas resolvidos.

Super aplicativos

Em muitos países da América Latina, incluindo o Brasil, o uso da internet pelo celular é maior do que pelo computador tradicional ou notebook. Afinal, o smatphone é prático, leve e de fácil acesso, carregando a vida do indivíduo em poucos aplicativos.

Mas o que mais chama a atenção é que, por mais que uma pessoa procure por aparelhos com grande capacidade de armazenamento, em 80% do tempo ela usa apenas três, segundo dados do site Statista.

Se a pessoa fica apenas em poucos aplicativos, o ideal é oferecer a ela um app com uma experiência mais completa justamente para que não precise ir a outros para encontrar o que não acha no seu. Sendo assim, seu e-commerce precisa pensar no cliente na hora de preparar ofertas, cupons de desconto e diferentes formas de pagamento.

Meios de pagamento instantâneos

O Pix, que surgiu no final de 2020, revolucionou a forma de transferir dinheiro — o que poderia demorar dias caso fosse feito em um fim de semana ou feriado, por exemplo, agora, ela ocorre em segundos.

O uso de pagamento instantâneo facilita a compra do consumidor. Afinal, ele já não precisaria esperar dois dias para o pagamento do boleto cair na conta da empresa. Além disso, é uma ótima opção para quem evita gastar no crédito: como o dinheiro sai diretamente da conta corrente, o cliente não se assusta com faturas altas.

É uma tendência que seu e-commerce deve considerar ter.

Conclusão

Como vimos, as tendências para 2022 vão ajudar e muito seu e-commerce.

Por isso, comece a implantar elas logo! Não deixe para depois!

E em todos os momentos, conte com a ajuda especializada da Plataforma de e-commerce egondola.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EGONDOLA NEWSLETTER

Cadastre-se para receber conteúdos sobre e-commerce, marketing e tecnologia.

Facebook Egondola

Tags

Post's mais acessados

Seu e-commerce é confiável?

Ecommerce

Testes que seu e-commerce deve fazer!

Ecommerce

Como vender mais nas redes sociais?

Redes Sociais

Erros que podem atrapalhar as suas vendas online – parte 2

Dicas de Venda

Abra a sua loja online.
Não se preocupe, nós iremos te ajudar.

Comece agora