Conecte-se conosco

Dicas de Venda

Qual será o perfil do consumidor digital em 2022?

Os últimos dois anos foram repletos de mudanças no comportamento do consumidor. Na verdade, nunca houve tantas mudanças em tão pouco tempo, como as que aconteceram nesse período.

E como já falamos várias vezes, a pandemia é um dos grandes responsáveis por essas mudanças.

Pesquisas mostram que os consumidores estão cada vez mais digitais. Os números mostram que as compras por celular cresceram 45% e as por computador 41% no pós-pandemia.

Isso nos dá uma grande dica de como serão os consumidores em 2022.

Quem são os novos clientes?

Vivemos na era em que o consumidor manda e as empresas obedecem. Mas seu perfil mudou, se tornou mais tecnológico. Afinal ele se adaptou às novas formas de compra e venda que também contam com o apoio da tecnologia.

Durante os piores momentos da pandemia, comprar pela internet acabou sendo a única alternativa. Foi aí que algumas palavras começaram a fazer parte da nossa rotina: tele entrega, delivery, pegue e leve e take away.

Neste cenário, os e-commerces que se destacam são aqueles que colocam esse novo cliente no centro das suas decisões. Agora, não é mais sobre o que os e-commerces fazem e sim sobre o que fazem para os seus clientes, agindo de acordo com a necessidade deles.

Sendo assim, para se sobressaírem, os e-commerces precisam saber como vender online e se adequarem para entender quais são essas demandas. Nesse sentido, pode ser útil responder a perguntas como: O que ele espera? Quais necessidades devemos atender?

Pode ser uma boa ideia investir em Big Data, em Inteligência Artificial e em outras tecnologias para conhecer melhor o consumidor digital e agregar valor, fazendo toda a diferença.

O que o consumidor digital espera?

É verdade que existem inúmeros clientes com perfis diversificados. Sendo assim responder essa pergunta de uma maneira direta se tornou um grande desafio.

Isso porque a situação das vendas online mudou. Antes os produtos eram apenas simplesmente comprados. A compra era automática, agora ela é pensada.

Por isso, vender online envolve planejamento e estratégia. E nesse sentido entender o que o consumidor digital espera é fundamental.

É aí que entra em cena alguns valores que o consumidor digital prioriza.

Longevidade e sustentabilidade: o consumidor está cada vez mais preocupado com questões ambientais. E assim, a busca por produtos sustentáveis e com um ciclo de vida maior é crescente.

Bem-estar e empatia: a pandemia da Covid-19 fez com que o consumidor desse maior importância para seu bem-estar físico e mental. Dados mostram que, pesquisas por “cuidados em casa” dispararam cerca de 33%.

Conexões virtuais na luta contra a solidão: a pandemia trouxe o isolamento e para driblar a solidão a solução encontrada foi promover conexões. Sendo assim, o ambiente digital não serve apenas para motivar as pessoas, mas é um aliado em fazer que se sintam parte de uma empresa e mais próximos de determinada marca.

Confiança e segurança: o consumidor busca cada vez mais por transparência na hora de realizar uma compra ou priorizar determinada marca. Sendo assim, não é de estranhar que a maioria dos consumidores deixaram de consumir um produto ou serviço de uma marca que age apenas em favor próprio. Lembre-se que o consumidor mudou!

Por isso, seu e-commerce deve sempre se guiar por esses pilares: integridade, resolução, expectativa, tempo e esforço, personalização e empatia. E no momento em que vivemos, a integridade, empatia e personalização devem ser prioridades no seu e-commerce.

Tendências do consumidor para 2022

Agora que vimos quem é o consumidor para 2022, vamos ver algumas tendências do consumidor que ajudarão seu e-commerce a impulsionar os negócios online e a vender online.

Consumidor no poder: a atenção do consumidor é amplamente disputada e é ele quem manda e dita as regras de consumo.

Sociedade conectada: as tendências de comportamento foram aceleradas – e ainda ganharam o impulso da conectividade tornando a sociedade altamente conectada.

Dessincronização social: as comunidades estão se desfazendo, há uma falta de interação consistente.

Contágio emocional digital: esse é um traço comportamental no qual as pessoas imitam os sentimentos de quem está próximo, sejam eles positivos, sejam negativos.

Ecoansiedade: ela determina questões como sair de casa ou não. A incerteza financeira é abastecida pelos índices de insegurança econômica e pelo desemprego impulsionados pela pandemia.

O perfil do consumidor digital do futuro

Diante desses sentimentos, foram traçados três perfis de consumidores para 2022.

Os estabilizadores, que se mostram cansados do excesso de informação e de conteúdo. Para eles, menos é mais.

Temos também os comunitários, que esperam uma integração maior das empresas às comunidades onde vivem, com foco na economia circular e no ativismo social.

E os novos otimistas, que buscam uma relação mais ‘fun’ com as empresas, esperando delas soluções de vendas tecnológicas.

Concluindo …

Alguns fatores que são importantes para o consumidor digital são agilidade, atendimento humanizado, engajamento e foco no cliente, propósito e tecnologia.

Entender estes novos clientes e quais as tendências é uma tarefa constante. Por isso, acompanhar esse tema deve ser sempre prioridade para seu e-commerce.

E em todos os momentos, conte com a ajuda da Plataforma de e-commerce egondola.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EGONDOLA NEWSLETTER

Cadastre-se para receber conteúdos sobre e-commerce, marketing e tecnologia.

Facebook Egondola

Tags

Post's mais acessados

Principais dúvidas na hora de planejar a loja online

Lojas Online

Equipe de vendas: um assunto importante para seu e-commerce

Ecommerce

Importância da responsabilidade social no e-commerce

Ecommerce

Que estratégias adotar no seu e-commerce em 2022?

Ecommerce

Abra a sua loja online.
Não se preocupe, nós iremos te ajudar.

Comece agora